fbpx

Neste artigo vamos falar sobre uma causa muito comum no meio do bodybuilding: a Ginecomastia Masculina.

Tentei reunir o máximo de dúvidas frequentes que recebo de alunos e pessoas de fora sobre esse tema e montei aqui um guia completo com todas informações que você precisa saber sobre ginecomastia masculina.

Guia Completo Sobre Ginecomastia Masculina 1 BR da Nutrição | Consultoria Fitness Online

Por diversas vezes eu recebo mensagens de homens, de todas as idades, com esse problema de ginecomastia masculina.

Desde o adolescente que, por fatores ambientais (alimentação, hormônios desregulados) desenvolvem essa condição;

Até aquele adulto que começou a fazer uso de hormônios (testosterona, por exemplo) e “aromatizou” demais.

Assim, o assunto ginecomastia ganhou meu interesse específico quando percebi que poderia ajudar os vários alunos que chegavam a mim com essa condição – e para evitar que eu desenvolva em mim também ne rs😂.

Então, se você também tem interesse em saber com mais detalhes sobre ginecomastia masculina, leia atentamente este artigo que vou te mostrar como evita-la, tratamentos, preço de cirurgia e muito mais.

Este artigo possui 16 referencias pautadas na ciência, comprovando tudo aqui escrito através de estudos de revisão. Clique aqui para saber mais sobre nossas diretrizes.


Antes de tudo, quero fazer uma rápida viagem ao passado para lembrar como “cai de paraquedas” nesse assunto ginecomastia masculina.

Tudo começou em 2010 quando comecei a me interessar no uso de hormônios e a pesquisar mais a fundo sobre o tema.

Fui estudando cada vez mais e, depois de dois anos, comecei a fazer o uso.

É engraçado… consigo lembrar certinho da sensação. Após algumas semanas de começar a usar (usei testosterona) já pude me sentir mais “sentimental” e com os mamilos sensíveis.

Pois é, eu (sem saber) estava “aromatizando”.

Foi quando comecei a pesquisar o por que disso…

GINECOMASTIA, “tetas de cadela” ou “tumor do fisiculturista” tudo se refere a mesma coisa: O (constrangedor) desenvolvimento de seios masculinos.

ginecomastia masculina - guia completo, tudo sobre ginecomastia

Atualmente, após anos de prática “aplicada” ( ͡° ͜ʖ ͡°) e experiência, posso afirmar que consigo ajudá-lo a evitar que aconteça esse “probleminha”.

Agora, se sua “gineco” (apelido carinho para a ginecomastica masculina) já está bem desenvolvida, num grau avançado, então sinto muito… ai é “só na faca” 🔪 (cirurgia de ginecomastia)

Até tem alguns meios de TENTAR reverter uma ginecomastia masculina mais desenvolvida, mas a chance de “dar mierda” e seu piupiu🐥 não subir por algumas semanas é GRANDE.


Enfim… o que você pode esperar encontrar neste artigo?

  • O que é Ginecomastia
  • Detalhes sobre a Cirurgia Ginecomastia
  • Tratamento para Ginecomastia
  • Remedio Para Ginecomastia
  • Sintomas da Ginecomastia

Primeiramente, vamos entender mais a fundo o que é Ginecomastia Masculina.

O Que É Ginecomastia?

Ginecomastia Masculina é basicamente o desenvolvimento das glândulas mamárias em homens.

Quando há um desequilíbrio na relação testosterona / estrogênio (estrogenio fica alto demais em relação à testosterona) o tecido glandular é desenvolvido.[9]

Afinal de contas, você agora é uma “mulherzinha”. Isso mesmo que você leu, jovem-gafanhoto!

Guia Completo Sobre Ginecomastia Masculina 2 BR da Nutrição | Consultoria Fitness Online

Pode parecer brincadeira, mas não é! É isso que seu corpo pensa.

Veja…

Estrogenio é um “hormonio feminino”. Assim como testosterona é um “hormonio masculino”.

Tanto o homem quanto a mulher possuem ambos. A diferença está na Quantidade.

“MeninOs” possuem alta testosterona e baixo estrogênio.

“MeninAs” possuem baixa testosterona e alto estrogênio. Simples!

Essa é uma das principais diferenças entre homens e mulheres.

Um pequeno desequilíbrio nos níveis de testosterona (para cima ou para baixo) em um homem, já pode gerar um desbalanço da relação entre esses hormônios.

O que, por consequência, pode ocasionar a (bendita) ginecomastia.

Vale lembrar que ginecomastia masculina NÃO é simplesmente um “mamilo inchado”.

ginecomastia masculina é diferente de lipomastia ou de "mamilo inchado"
Ginecomastia é diferente de Lipomastia ou de “mamilo inchado”

Ginecomastia Masculina, propriamente dita, é o DESENVOLVIMENTO DAS GLÂNDULAS MAMÁRIAS.

Ou seja, quando você “apalpar” (dar uma leve pinçada com os dedos no mamilo) você perceberá que há ali uma “pedrinha”.

Essa “pedrinha” é justamente a glândula mamaria desenvolvida (ginecomastia masculina).

Muito embora, ela não aparecerá da noite para o dia lá. Acalme-se!

Seu corpo dará sinais que levarão a isso.

Observe os sintomas… (vou te mostrar quais são esses ‘sinais’ logo mais…)

Tipos de Ginecomastia Masculina

Antes de tudo, precisamos entender alguns cenários aqui…

Se a ginecomastia masculina já está bem desenvolvida… está ali há muito, muito tempo… (Estou falando 2, 3, 5 anos…) é bem provável que o tecido já vai estar consolidado e vai ser bem mais difícil reverter esse quadro.

Não é impossível, mas vai ser realmente difícil.

E, por mais que você consiga diminuir consideravelmente o tamanho da ginecomastia masculina, é provável que no primeiro “vacilo” ela já volte a se manifestar novamente.

Nesse caso, então, talvez valha a pena considerar a cirurgia de ginecomastia.

Há também casos em que o tecido ainda não está totalmente consolidado.

Assim, a reversão da ginecomastia masculina é possível (dependendo da sua resposta aos estímulos e fármacos utilizados)

Veja os graus de ginecomastia abaixo.

graus de ginecomastia

Vamos classificar como:

Ginecomastia Grau 1

ginecomastia grau 1

Bem possível de reverter a ginecomastia masculina.

Ginecomastia Grau 2

ginecomastia grau 2

Mais difícil de reveter a ginecomastia masculina, e

Ginecomastia Bilateral Grau 3

ginecomastia grau 3

A ginecomastia de grau 3, ou “teta de cadela” (esse nome é bizarro) já é bem provável que não consiga reverter, restando apenas a cirurgia de ginecomastia.


Ginecomastia Sintomas

A principio, nota-se uma constante sensibilidade na área do mamilo (levando a um verdadeiro desconforto).

À medida que o tecido e a glandula vão se desenvolvendo, a área vai ficando mais inchada e crescendo/se estendendo lateralmente sob o braço.

Ginecomastia Tratamento: Como Resolver?

Veja, não existe uma solução ou tratamento específico e pontual (tirando, claro, a cirurgia de ginecomastia).

O que vamos fazer aqui é te dar uma listagem de POSSIBILIDADES.

Reunimos aqui, basicamente, TUDO o que pode ser feito para reverter e tratar a ginecomastia masculina.

Vamos lá…

11 Dicas de Tratamento para Ginecomastia

1) Não Fique Mexendo!

Se o mamilo está inchado ou sensível, não fique mexendo ou tocando o tempo todo.

Isso vai aumentar seus níveis de prolactina e vai piorar a situação.

Prolactina elevada = mamilo inchado.

É fisiológico… Pense num bebê puxando o mamilo o tempo todo. Isso estimula o leite, correto?! Então, é a mesma lógica aqui.

bebe mamando

2) Diminua as Doses

Se você começou a sentir sensibilidade durante o protocolo/ciclo, considere diminuir um pouco as doses de substâncias aromatizantes (EXCETO a testosterona – veja o porquê no próximo item).

3) Relação Testo:E2

A relação testosterona/estrogênio é muito importante!

Reduzir a testosterona a níveis mais baixos definitivamente NÃO é a solução para tratar sua ginecomastia masculina.

Pela minha experiência ao longo desses 6 anos de prática aplicada (aliada a estudos), posso afirmar que 400mg de testosterona por semana vão te dar MENOS problemas do que 200mg/semana, no que tange a colaterais relacionados a estrogênio alto.

problemas com ginecomastia masculina? contrate um coach que resolva

Isso acontece porque criamos uma relação Testo:E2 melhor (mais eficiente), visto que a curva de aromatização não é algo linear.

Na verdade, as enzimas aromatase possuem um certo limite de conversão, e quanto maior a dose, menor a será a conversão, proporcionalmente.

Ou seja, você vai “aromatizar” menos! Afinal, haverá maiores níveis de testosterona circulante e, dessa forma, o estrogênio (e2) vai buscar um equilíbrio.

4) Reduza os níveis de PROLACTINA

Isso poderá ajudar no aspecto do mamilo, visto que é a prolactina mais alta que deixa os mamilos inchados e com uma aparência mais feia/esquisita.

Fique tranquilo que, ao contrário do estrogênio, abaixar muito os níveis de prolactina não irão trazer prejuízos fisiológicos para você.

Considere usar TODOS os fitoterápicos abaixo a fim de diminuir os níveis de prolactina e/ou aumentar a dopamina (afinal, estes são antagônicos – ou seja, mais dopamina = menos prolactina)

  • Agnus-Castus Vitex (reduz a Prolactina);
  • Mucuna Pruriens L-Dopa 20% (aumenta Dopamina);
  • Vitamina B6 (aumenta dopamina);
  • Gingko Biloba (aumenta dopamina);.

OBS.: Você não precisa recorrer a fármacos mais fortes como cabergolina, pramiprexol e bromocriptina.

(Mas, se optar por este caminho, use Cabergolina).

5) Considere Reduzir ou Remover a Cafeína do seu dia-a-dia

O uso de cafeína pode inibir a excreção de estrogênio pelo fígado por competir com o sistema P-450 oxidase.

Logo, se a cafeína pode atrapalhar o “trabalho” do fígado em “expulsar” o estrogênio, o ideal é o que?! …deixar de usá-la, oras.

6) Aumente o Consumo de Fibras

Estudos indicam que mais fibras na dieta podem diminuir os níveis de estrogênio em até 22%; [1] #comavegetais

7) Reduza o BF% (body fat – percentual de gordura)

Reduza o percentual de gordura para melhorar sua ginecomastia masculina

Esse talvez seja o mais importante a fim de combater a ginecomastia masculina!

O indivíduo acima do peso, que tem gordura localizada, possui mais enzima aromatase circulante. Isso porque essa enzima se encontra na maior parte no tecido adiposo.

Logo, quanto mais enzima aromatase, maior será a aromatização e maior a chance de desenvolver ginecomastia masculina.

Veja Como Calcular Percentual de Gordura

8) 19nor e Ginecomastia

Ambos 19nor (Trembolona e Nandrolona) podem causar ginecomastia masculina devido a elevação de prolactina em excesso.

Nesse caso, IAs (Inibidores de Aromatase) NÃO VÃO resolver!

Fora que Nandrolona aromatiza bastante também, né?! E ai sobe o e2 (estrogênio) e a prolactina… ai o fulano começa a tomar IA e não vê sucesso no tratamento de ginecomastia… e começa a ficar perdidão…

Guia Completo Sobre Ginecomastia Masculina 1 BR da Nutrição | Consultoria Fitness Online

Por isso a importância de sempre ter exames em mãos. Quando estiver perdido, os exames vão te indicar onde está o problema.

Nesse caso, se for uma ginecomastia masculina proveniente de prolactina alta, talvez seja o caso de entrar com cabergolina ou tentar abaixar com os fitoterápicos citados anteriormente.

Agora, numa situação incomum, onde tanto o estrogênio quanto a prolactina estão controladas e mesmo assim sentir o mamilo inchado/sensível (ginecomastia masculina), pode ser o caso da seguinte questão:

Acontece que os 19nor também podem causar uma ginecomastia masculina de forma indireta pelo fato de não terem um forte metabólito 5a-reduzido presente em sua composição, visto que a dihidro-nandrolona é mais fraca que dihidrotestosterona [4].

Por esse motivo é que algumas pessoas manifestam a ginecomastia masculina com essas substâncias (ainda que tudo sob controle)

Nesse caso, então, a pessoa vai precisar de mais DHT circulante, ou seja, a ação antagônica de metabólitos 5a provindos da 5a-redutase.

Entendeu nada, né?!😂

Tudo bem. Apenas faça o seguinte… (leia o próximo item/ sugestão de tratamento de ginecomastia)

9) Aumente os níveis de Metabolitos 5a

“Beleza, Brunão. Eu entendi que tenho que aumentar esse trem… Mas, como faço isso?!”

Certo. Você tem que aumentar os níveis de Metabolitos 5a (provindos da 5a-redutase), ou seja –> substâncias como Masteron (Drostanolona), Stanozolol, Oxandrolona etc., (derivados do DHT em geral).

(apenas cuidado com a “careca“)

Estes fármacos “competem” pelos mesmos receptores do estrogênio. Logo, bloqueiam/atrapalham a ação do estrogênio.

São uma espécie de “alternativa” aos IAs (ou complemento). Embora, possuem ações farmacológicas diferentes, o resultado final e efeito são semelhantes.

9) Controle sua Retenção Líquida Corporal

Beba ÁGUA!

Faça cardio!

E ingira sódio adequadamente.

A região do peito e mamilos, em algumas pessoas, tendem a “segurar” mais água (retenção). Controlar seus níveis de água subcutânea pode ajudar nesse sentido (no aspecto da ginecomastia masculina);

11) IAs (Inibidores de Aromatase)

Anastrozol, Letrozol, Exemestano. Esses são os IAs!

Muito Cuidado para não “errar na mão”. USE COM CAUTELA!

Recomendo anastrozol para “iniciantes” (que não sabem ao certo o que estão fazendo e não se conhecem bem – seu corpo) por ser mais ‘maleável’ – caso você use mais do que o necessário.

(É mais fácil “crashar” o e2 do que você imagina – ou seja, diminuir excessivamente ou zerar o estrogênio).

Não vou entrar em detalhes aqui quanto a dosagens, pois mexer com hormônios é algo MUITO delicado e que pode trazer vários problemas.

12) DICA BÔNUS

Consuma mais brócolis, couve, etc. Estes alimentos possuem indol-3-carbinol (I3C) que possui propriedades antiestrogênicas.

Aumente os níveis de Resveratrol e ZINCO.

Zinco é antagonista do Cobre.

Devido a nossa alimentação atual, nós consumimos muito Cobre (por ser um excelente conservante), mesmo que sem querer.

Porém, Cobre faz com que fiquemos excessivamente sensíveis a estrogênio.

Fora que, caso você não faça uso de hormônios, o zinco irá favorecer positivamente no aumento da sua testosterona endógena (sua produção natural).

Ginecomastia Antes e Depois

ginecomastia antes e depois

Remedio para Ginecomastia

Veja abaixo duas alternativas de remedio para ginecomastia que podem ajudar no tratamento.

Tamoxifeno Ginecomastia

Estudos sugerem que o tamoxifeno (SERM antagonista do estrogênio) é eficaz para ginecomastia masculina recente, que ainda não está desenvolvida (ginecomastia grau 1).

Na pesquisa foi usado doses de 10-20 mg duas vezes ao dia. [6]

Foi observado que até 80% dos pacientes relataram resolução parcial ou completa com o uso de tamoxifeno para ginecomastia.

O tamoxifeno é geralmente utilizado por 3 meses. Caso não resolva, deve-se encaminhar o paciente para a cirurgia de ginecomastia.[7]

Anastrozol Ginecomastia

O anastrozol é um IA (inibidor de aromatase) que diminui a concentração de estrogênio nos homens. [8]

Como falei, não irei comentar doses de IA pois é algo individual e é fácil dar algum problema. Mas, tenha em mente que seu uso servirá como tratamento e prevenção contra a ginecomastia masculina.

Ginecomastia Causas

As causas da ginecomastia podem ocorrer naturalmente ou como efeito colateral direto devido ao uso de EAs (esteróides anabolizantes) e outros medicamentos (finasterida, espironolactona, ansioliticos, antidepressivos, …).[10]

A ginecomastia masculina também foi relacionada ao uso excessivo de MACONHA. (Veremos mais abaixo)

Quando a ginecomastia masculina ocorre de forma natural, é um processo mais lento e, geralmente, envolve mais o aumento de tecido adiposo ao redor do que o crescimento da glandula em si.

Importante não confundir a ginecomastia masculina com lipomastia!

Já com o esteróide anabolizante, acontece de forma muito mais rápida e pontual. É o crescimento daquela “pedrinha” mesmo (desenvolvimento da glandula mamaria).

Quando o corpo detecta testosterona em excesso (ou substância semelhante), ele tenta reduzir esses níveis por um processo chamado aromatização.

Esse processo converte a testosterona em estradiol, uma substância semelhante ao estrogênio.

RESUMINDO: A principal causa de ginecomastia masculina é, basicamente, o desequilíbrio entre os hormonios testosterona e estrogenio causado por condições externas, como o uso de esteróides anabolizantes e outros medicamentos.

Ginecomastia e Maconha

maconha causa ginecomastia masculina?

A maconha não diretamente é a causa da ginecomastia masculina, mas talvez seja devido a diminuição de testosterona que a cannabis causa.

Lembra que falei que a principal causa de ginecomastia masculina é o desbalanço da relação Testo:E2?! Então.

Mas veja, ainda há muitos estudos com resultados mistos e conflitantes.

Ao passo que alguns estudos sugerem uma queda no nivel de testosterona em homens que fazem uso regular de maconha [9], ao contrario há uma quantidade igual de estudos que refuta essa afirmação.[10]

Logo, é necessario que mais estudos sejam feitos para tirar-se qualquer conclusão sobre esse assunto.

Como Curar Ginecomastia Com Gelo?

Guia Completo Sobre Ginecomastia Masculina 4 BR da Nutrição | Consultoria Fitness Online

Não, não, meu amigo…

Você não CURA a ginecomastia masculina com gelo!

O que acontece é que em temperaturas mais amenas (frio) o seu mamilo tende a ficar menor/contraída.

Ao contrário de temperaturas mais altas (calor) onde ele acaba ficando mais “inchado” e dando aquele aspecto “feio”.

Colocar gelo no local (mamilo) não vai curar sua ginecomastia masculina, vai apenas deixa-la MENOS PERCEPTIVEL. that’s it!

Ginecomastia Cirurgia Preço

O preço da cirurgia de ginecomastia pode variar entre R$ 3.000,00 a R$ 6.000,00. É possível também fazer a cirurgia de ginecomastia pelo SUS ou por plano de saúde.

Pelo SUS, basta ir até à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da sua casa e passar pelo processo exigido.

Todos têm direito ao tratamento e cirurgia de ginecomastia pelo SUS. Porém, você precisará passar pela fila de espera e ficar à mercê da “boa vontade” do médico, que definirá se você precisa ou não ser encaminhado para um especialista.

Além disso, o SUS, inicialmente, irá avaliar seu caso e, se você, de fato, precisar mesmo da cirurgia de ginecomastia, e o médico entender que seu problema vai além da “vaidade”, do fator estético, ele o encaminhará para a cirurgia.

Ou seja, a cirurgia de ginecomastia dependerá da seriedade do caso.

durante cirurgia ginecomastia
Foto retirada durante a cirurgia de ginecomastia. Creditos da imagem: Jorge Remy

A cirurgia de ginecomastia é bem simples e tende a levar 1 hora de duração o procedimento.

Recuperação após a cirurgia

Quanto tempo de repouso após cirurgia de ginecomastia?

Após a cirurgia de ginecomastia são necessárias, em média, duas semanas para voltar a movimentação normal.

O paciente também deverá usar um colete no período pós-operatório, por cerca de 30 a 45 dias, cuja finalidade é melhorar a aderência da pele ao tórax.

colete ginecomastia

Depois de 2 meses (aproximadamente 60~80 dias) pode-se retornar, de forma gradual, às atividades físicas mais intensas (musculação, por exemplo).

depois da cirurgia de ginecomastia
Foto retirada logo após a cirurgia de ginecomastia. Creditos da imagem: Jorge Remy

Veja em detalhes mais sobre a cirurgia no vídeo dele: clique aqui.

Conclusão Ginecomastia Masculina

botao favorito
Clique no botão acima para saber mais

Bom, chegamos ao fim deste artigo. Confesso que ficou maior do que eu previa rs mas tentei deixa-lo o mais completo possível.

Caso você esteja com essa condição, tente então colocar a maioria dessas sugestões em prática e provavelmente você notará uma bela melhora com relação a ginecomastia masculina.

Se você acredita que esse artigo lhe foi útil, me agradeça lá no Instagram. Tire um print da pagina, poste no stories e me marque.

Aproveite para me seguir lá;

E envie para um amigo que esteja precisando ler isso também.

Abraços, BR.

coach emagrecimento brdanutricao
coach de emagrecimento

REFERÊNCIAS: 1. Dietary fiber intake and endogenous serum hormone levels in naturally postmenopausal Mexican American women: the Multiethnic Cohort Study.
Monroe KR et al.
Nutr Cancer. 2007;58(2):127-35.
2. Sex steroid binding protein receptor (SBP-R) is related to a reduced proliferation rate in human breast cancer.
Catalano MG, et al.
Breast Cancer Res Treat. 42(3):227-34, 1997
3. Biological relevance of the interaction between sex steroid binding protein and its specific receptor of MCF-7 cells under SBP and estradiol treatment.
Fissore F, et al.
Steroids, 59(11):661-7, 1994
4. Metabolism and receptor binding of nandrolone and testosterone under invitro and invivo conditions.
Bergink et al.
Acta Endocrinol Suppl (Copenh). 271:31-7, 1985
5. 16 Ways to Fight Gynecomastia. 2010. Disponível em: http://www.worldclassbodybuilding.com/forums/showthread.php?t=81608.
[6] Bedognetti D,  Conti G, et al. An on, randomised, phase 3 trial comparing the efficacy of two tamoxifen. Eur Urol 2009 May 19
[7] Boccardo F, Rubagotti A, et al. Evaluation of tamoxifen and anastrozole. J Clin Oncol 2005 Feb 1: 808-15
[8] Rahmani S, Turton P, Shaaban A, Dall B. Owerview of gynecomastia in the modern era and the Leeds Gynaecomastia Investigation algorithm. Breast J. 2011;17:246–55.
[9] Jameson JL, et al., eds. Disorders of the testes and male reproductive system. In: Harrison’s Principles of Internal Medicine. 20th ed. The McGraw-Hill Companies; 2018. https://accessmedicine.mhmedical.com. Accessed Aug. 20, 2019.
[10] Braunstein GD, et al. Epidemiology, pathophysiology, and causes of gynecomastia. https://www.uptodate.com/contents/search. Accessed Aug. 20, 2019.

AVISO LEGAL
Nós, da BR da Nutrição, deixamos claro que não incentivamos o uso de quaisquer drogas, medicamentos, fármacos e similares para qualquer que seja a finalidade e temos profundas preocupações com os danos a saúde que podem acontecer com o uso e/ou abuso dessas substâncias, lícitas ou ilícitas. Este artigo é meramente informativo, buscando educar o leitor da melhor forma possível.

Tags: | | | | | |

Sobre o Autor

Bruno Rodrigo "BR" (da Nutrição)
Bruno Rodrigo "BR" (da Nutrição)

Bruno Rodrigo "BR", quando jovem, era um "gordinho" inseguro e só queria ter a tal "barriga tanquinho". Desde então, ele vem pesquisando sobre nutrição e exercício físico há mais de 11 anos. Morou por anos no Canada e lá se profissionalizou estudando a fundo as mais avançadas estratégias nutricionais. Fundou em 2019 a "BR da Nutrição", uma empresa especializada em emagrecimento e ganho de massa muscular que tem revolucionado e transformado a vida de milhares de pessoas. Hoje, sua missão é ajudar o máximo de pessoas possível a alcançarem o corpo que desejam, o peso ideal e a máxima saúde. Para saber mais sobre sua historia, clique aqui.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *