fbpx

Aprenda neste artigo como você pode perder peso, ganhar energia e melhorar sua qualidade de vida por meio de melhorias na alimentação com uma dieta para SOP (Síndrome do Ovário Policístico).

Pequenas mudanças na sua rotina alimentar podem fazer uma grande diferença na vida de uma mulher com Síndrome do Ovário Policístico.


Se você foi diagnosticada com Síndrome do Ovário Policístico, uma dieta para SOP pode ajudar a aliviar seus sintomas.


E mais, neste artigo confira ainda o que é SOP, dieta para SOP, algumas perguntas e dúvidas frequentes sobre o assunto, alimentos para SOP, se ovário policístico engorda, e mais.

A síndrome do ovário policístico (SOP) é uma condição que afeta negativamente os hormônios reprodutivos da mulher.


Cada caso de SOP é diferente e suas causas não são totalmente compreendidas pela ciencia atualmente.


Sinais e Sintomas de SOP Síndrome do ovário policístico

  • Menstruação irregular (ou até ausente)
  • Problemas de Fertilidade
  • Crescimento indesejado de pelos no rosto e pelo corpo
  • Queda de cabelo
  • Pele oleosa e com tendência a acne
  • Mudanças no pigmento/coloração da pele
  • Mudanças frequentes de humor
  • Dor na região pélvica
  • Ganho de peso, especialmente na barriga


Seu médico fará testes para determinar se você tem SOP ou não.


Caso você seja diagnosticada com a doença, converse com seu médico e nutricionista especialistas em SOP para fazer mudanças no estilo de vida e continuar vivendo uma vida normal.


O Que é SOP (síndrome do ovário policístico)? Por que a Dieta é Importante Nesses Casos

Trabalhar com um nutricionista especialista em SOP a fim de promover hábitos alimentares saudáveis pode aliviar os sintomas da síndrome do ovário policístico.


SOP” é a abreviação de síndrome do ovário policístico. Trata-se de uma condição que causa desequilíbrio hormonal em mulheres em idade reprodutiva.


Os sintomas de SOP síndrome do ovário policístico de cada mulher são únicos.

Muitos estudos exploraram a ligação entre açúcar no sangue, insulina e SOP.


Aqui está o que a ciência nos ensinou:

  • A SOP síndrome do ovário policístico pode causar aumento da produção de andrógenos (hormônio masculino). Os níveis elevados de androgênio aumentam o risco de doenças cardíacas, colesterol alto e diabetes tipo 2 nas mulheres.
  • Regular seus níveis hormonais é uma forma eficaz de controlar seus sintomas e melhorar os problemas de fertilidade relacionados à SOP. Controle os níveis de hormônio consumindo alimentos nutritivos e ricos em fibras e eliminando os problemas provenientes do açúcar no sangue associados à síndrome do ovário policístico.
  • Perder peso (5-10%), seja por meio de exercícios físicos e/ou uma dieta para SOP específica, pode aliviar os sintomas comuns de síndrome do ovário policístico.


Veja Treino Funcional de 40min Em Casa


Fatos a serem lembrados sobre SOP

  • SOP síndrome do ovário policístico é a principal causa de infertilidade feminina.

A SOP síndrome do ovário policístico é o problema de saúde número um que as mulheres enfrentam atualmente, com mais de 1 em cada 5 sofrendo de seus sintomas.

De acordo com pesquisas “1 em cada 15 mulheres em idade reprodutiva tem SOP e a RI (resistência a insulina) atingem de 50 a 70% das mulheres com a Síndrome”. [1]

Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia


A Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva também afirma que a prevalência de infertilidade em mulheres com síndrome do ovário policístico está entre 70-80%. [2]


A SOP faz com que os níveis hormonais fiquem irregulares, o que torna difícil para as mulheres engravidarem. Além de poder aumentar o risco de aborto espontâneo.


  • NÃO há causas conhecidas de síndrome do ovário policístico

Pesquisas sugerem que a síndrome do ovário policístico pode ser causada tanto por componentes genéticos quanto por influência ambiental.


Acredita-se que a SOP seja causada por uma ou mais mutações genéticas e seja hereditária.


Influências ambientais, como estilo de vida sedentário, tabagismo e consumo excessivo de álcool, podem aumentar o risco de desenvolver síndrome do ovário policístico.


Embora SOP signifique Síndrome do Ovário Policístico, muitos profissionais estão trabalhando para mudar a terminologia, pois a SOP pode ser diagnosticada mesmo que sem a presença de cistos nos ovários.


Os médicos farão uma série de exames de sangue, ultrassons e uma análise de sintomas para diagnosticar se a pessoa tem ou não SOP síndrome do ovário policístico.


Devido à complexidade e à causa desconhecida da SOP, os médicos irão diagnosticar um paciente se ele apresentar uma combinação de um ou mais sintomas comumente associados à doença.


Ovário Policistico Engorda? A obesidade está correlacionada com a SOP


Muitas mulheres me perguntam se o ovário policístico engorda, se o fato de ter SOP pode deixa-las com sobrepeso.

A real é que, além do desequilíbrio hormonal, as mulheres com SOP apresentam insensibilidade à insulina.


A insulina move o açúcar (glicose) da corrente sanguínea para as células para obter energia.


Mulheres com insensibilidade à insulina devido à SOP não são capazes de converter o açúcar em energia, resultando em níveis mais elevados de insulina na corrente sanguínea.


Níveis mais altos de insulina causam um aumento na produção de andrógenos e um aumento no apetite.


Esses fatores podem ser correlacionados (mas não uma causa) do ganho de peso.


RESUMINDO: Ovario policístico engorda de forma indireta, devido a insensibilidade a insulina e aumento do apetite que pode ocasionar o ganho de peso.


Confira meu livro digital GRATUITO e aprenda como driblar a fome de uma vez por todas e comece a emagrecer hoje mesmo com essas dicas secretas:

Dieta Para SOP Síndrome do Ovário Policístico 1 BR da Nutrição | Consultoria Fitness Online

Quem pode me ajudar com uma dieta para SOP?

Primeiramente, converse com seu médico, obstetra / ginecologista. Vocês vão discutir os sinais e sintomas, bem como o histórico médico reprodutivo de sua família.


Além disso, ele também pode realizar um ultrassom em seus ovários para detectar cistos ou folículos sintomáticos de SOP.


Se seu medico acreditar que sua condição pode ser síndrome do ovário policístico, peça que o encaminhem a um endocrinologista (eles são especializados em distúrbios hormonais).


Caso venha a descobrir que tens síndrome do ovário policístico, considere trabalhar com um nutricionista especialista em SOP a fim de criar uma rotina alimentar que alivie os sintomas.


Seja para aumentar sua energia, perder peso ou infertilidade associada à SOP, um nutricionista é uma parte valiosa de sua equipe de cuidados à saúde.


Pesquisadores sugerem que a mudança no estilo de vida seja o Primeiro Fator de mudança no tratamento para mulheres que lidam com síndrome do ovário policístico.


Mulheres que atingem uma perda de peso de apenas 5 a 10% de seu peso corporal experimentam uma melhora significativa nas taxas de ovulação.


Antes de falar com nossos nutricionistas especialistas em SOP para construir uma Dieta para SOP, discuta seu diagnóstico específico e tratamento com seu médico.


Traga todas essas informações aos nossos nutricionistas especialistas em SOP para que possamos construir uma Dieta para SOP sob medida para você.


Nossas recomendações irão variar dependendo da presença e gravidade de seus sintomas específicos.

Os princípios básicos de uma dieta para SOP

dieta para sop síndrome do ovário policístico

  • Escolha carboidratos “bons” (complexos – de alta qualidade e fibras)

Mulheres com SOP têm maior probabilidade de serem diagnosticadas com diabetes tipo 2 do que mulheres sem síndrome do ovário policístico.


Semelhante à dieta para diabéticos, é importante que as mulheres com SOP consumam carboidratos de alta qualidade e ricos em fibras. Isso ajudará a estabilizar seus níveis de açúcar no sangue.


  • Coma uma dieta variada e balanceada

Consumir uma dieta para SOP equilibrada ajudará a manter seu corpo em um estado neutro e homeostático.

Uma dieta para SOP balanceada permite que a insulina funcione adequadamente (sem haver picos), levando a glicose diretamente às células para obter energia necessária.


Este processo resulta em menos insulina em sua corrente sanguínea e diminuindo a produção de andrógenos; além de aliviar os sintomas da síndrome do ovário policístico.


  • Siga uma rotina consistente e horários regulares para as refeições

Não pule as refeições! Pular refeições e deixar de comer o necessário pode reduzir seus níveis de açúcar no sangue, levando a desejos por comida e excessos (especialmente as “besteirinhas”).


Manter uma rotina alimentar permitirá que seus níveis de açúcar no sangue fiquem estáveis.


O açúcar no sangue estável auxilia na produção adequada de andrógenos em seu corpo. Produção adequada de andrógenos = sintomas de SOP menos graves.


Alguns médicos recomendam comer refeições menores e mais frequentes para melhor regular o açúcar no sangue e estabelecer hábitos melhores.


  • Escolha alimentos ricos em nutrientes, vitaminas e minerais

Estudos mostram que o consumo de alimentos ricos em vitamina D, vitamina B, iodo, selênio e magnésio ajudam muito a melhorar a resistência à insulina e a diminuir a gravidade dos sintomas associados à síndrome do ovário policístico.


Vitaminas e minerais importantes para o alívio dos sintomas de SOP e fontes alimentares

Vitamina D salmão, ovos, cogumelos, leite
Vitamina B atum, amêndoas, berinjela, morangos, milho, laranja, feijão
Iodo ovos, peito de peru, salmão, iogurte
Selenio atum, salmão, porco, grãos integrais, peru, ovos, queijo cottage, espinafre
Magnesio abacate, chocolate amargo, nozes, sementes, grãos integrais, bananas

Perguntas mais frequentes sobre a dieta para SOP

Muitas pessoas tentam fazer dietas da moda como uma forma de aliviar os sintomas da síndrome do ovário policístico. Mas é o certo? Vejamos algumas das duvidas comuns que sempre me perguntam em torno da dieta para SOP.


Devo seguir uma dieta para SOP sem leite, sem glúten ou sem soja?

Pessoas que sofrem de inflamação causada por lactose, glúten ou soja encontrarão vantagens em seguir esse tipo de dieta.

No entanto, em relação à dieta para SOP, não existem dados científicos que apoiem a restrição ou a prevenção de grupos alimentares inteiros ou itens específicos para melhorar os sintomas.

Sabemos que para melhorar os sintomas da síndrome do ovário policístico, perder cerca de 5-10% do peso corporal e praticar exercício físico regularmente ajudam no alívio dos sintomas de SOP.

Seu nutricionista poderá trabalhar com você para determinar uma dieta para SOP específica a fim de otimizar sua saúde.

Leia mais sobre Intolerancia a Lactose

Devo tentar uma dieta vegana para melhorar minha síndrome do ovário policístico?

As dietas veganas consistem em comer apenas grãos, vegetais e frutas, basicamente.
Caso você seja adepta desse estilo alimentar e de vida, apenas tenha em mente que sua dieta para SOP deve conter carboidratos de alta qualidade e que não excedam 45% de sua ingestão diária.

Como a dieta vegana consiste em alimentos integrais ricos em vitaminas e minerais, ela pode ser extremamente útil no alívio dos sintomas da síndrome do ovário policístico.

Pesquisas mostraram que seguir uma dieta vegana ou vegetariana adequadamente pode melhorar a ovulação, regular a menstruação e reduzir o risco de doenças futuras associadas à SOP, como diabetes tipo 2.

Fale com nossos nutricionistas especialistas em SOP e/ou em dietas para vegetarianos e garanta que você esteja seguindo uma plano alimentar nutricionalmente adequado para reduzir o peso e controlar os sintomas da síndrome do ovário policístico.

Leia mais sobre Como Virar Vegetariano

Devo tentar uma dieta cetogenica para SOP?

A dieta cetogênica é uma dieta especial com alto teor de gordura e baixo teor de carboidratos, projetada para controlar convulsões em indivíduos com diagnóstico de epilepsia.
Vemos muito pelas redes sociais sendo disseminado a “dieta Keto” como uma solução rápida e “milagrosa” para a perda de peso.

Contudo, como esse tipo de dieta é extremamente rígida e nutricionalmente desequilibrada, não a recomendamos para o controle de sintomas da síndrome do ovário policístico.

A fim de criar uma vida inteira de hábitos nutricionalmente saudáveis, siga os conselhos de seu nutricionista especialista em SOP para controlar e melhorar os sintomas da síndrome do ovário policístico. Evite a dieta cetogenica nesse caso.

E o jejum intermitente? Pode ser usado para melhorar os sintomas de SOP?

Não recomendamos o jejum intermitente para o alívio dos sintomas de SOP a longo prazo.
Se você tem síndrome do ovário policístico, é muito importante consumir várias pequenas refeições ao longo do dia.
Essa abordagem permitirá que seus níveis de insulina se auto-regulem e permaneçam equilibrados.
Se você adota o jejum intermitente na sua rotina, devido às grandes refeições podem causar hiperinsulinemia (excesso de insulina no sangue).

A hiperinsulinemia aumenta a produção de andrógenos, aumentando os efeitos clínicos e sintomas da síndrome do ovário policístico.

Leia mais sobre Jejum Intermitente

Alimentação e Dieta Para Quem Tem SOP

“Então, o que devo comer na minha dieta para SOP?”


Manter uma dieta balanceada e peso saudável são fundamentais no controle dos sintomas da SOP.

Consumir uma dieta rica em nutrientes, vitaminas e minerais ajudará na cura do corpo de dentro para fora.

Alimentos antiinflamatórios também podem fazer uma grande diferença.


As opções de alimentos a seguir ajudarão a manter os níveis de açúcar no sangue estáveis ao mesmo tempo que ajudam a atingir um peso saudável para controlar as complicações associadas à síndrome do ovário policístico.

Grupos Alimentares Exemplos
Proteínas Magras: Proteínas no geral te mantém saciado por mais tempo e os cortes “magros” (com baixo teor de gordura) contribuem para a perda de peso. Peixes: salmão, atum, camarão, bacalhau.

Aves: frango, peru.

Carne vermelha.
Carboidratos Complexos: A ingestão de carboidratos ricos em fibras diminuem os níveis de insulina e a inflamação no corpo. Grãos inteiros: quinoa, aveia, arroz integral.

Legumes: feijão, ervilha, lentilha.

Batatas doce.
Frutas e vegetais ricos em antioxidantes: Os antioxidantes funcionam para diminuir a inflamação no corpo, aumentar a imunidade e ajudar a prevenir a obesidade. Frutas: morangos, mirtilos, framboesas, kiwi, maçãs, cerejas.

Legumes: beterraba, brócolis, pimentão, cenoura, aspargos
Gorduras “boas”: O macronutriente gordura é necessário para a produção de nossos hormônios, além de auxiliar na absorção de vitaminas e melhora a saúde do coração e a função cerebral. Azeite, abacate, nozes, amêndoas, castanha de caju.

Sementes: chia, linhaça e girassol

Para conseguir emagrecer e melhorar os sintomas de SOP, fale com nosso nutricionista especialistas em SOP sobre as porções e quantidades adequadas, basta preencher o formulario abaixo que entraremos em contato.

Isso garantirá que você está recebendo a quantidade certa de nutrientes de que precisa para controlar os sintomas de SOP.

Ou entre em contato clicando aqui.


O Que NÃO PODE Comer Quem Tem Cisto No Ovario?

Uma dieta para SOP enfatiza a ingestão de alimentos saudáveis integrais e não processados para permitir a completa absorção de vitaminas, ingestão de nutrientes e perda de peso.


É importante ficar longe de açúcares refinados, farinha branca e bebidas açucaradas em excesso. Esses produtos aumentam a insulina no sangue, o que resulta em maior produção de andrógenos, piorando os sintomas da SOP.

Procure EVITAR:

  • Alimentos processados
  • Grãos refinados feitos com farinha branca (macarrão, pão branco, arroz branco)
  • Cereais com alto teor de açúcar
  • Refrigerantes e sucos adoçados
  • Biscoitos, bolo e doces
  • Batata frita (e outros alimentos fritos)
  • Algumas pesquisas também sugerem que a cafeína pode piorar os sintomas da SOP

“Tenho síndrome do ovário policístico e não consigo emagrecer”

Uma dieta para SOP pode ajudá-lo a perder peso!


Sim, emagrecer é possível com a dieta para SOP certa.


A perda de peso pode ser difícil para mulheres com SOP, mas é possível.

É importante lembrar que a perda de peso com síndrome do ovário policístico será gradual e lenta devido aos desequilíbrios hormonais, inflamação e problemas de açúcar no sangue (resistência à insulina) associados à SOP.

Para atingir seus objetivos de emagrecimento, converse com seu médico para incorporar medicamentos que irão melhorar a sensibilidade à insulina.


Talvez te Interesse: Metformina e Sensibilidade a Insulina


A perda de peso será possível quando você combinar uma dieta saudável, exercícios físicos regulares e medicação adequada.


Lembre-se de que a perda de peso pode ser lenta, mas quando você perder 5-10% do peso corporal, os sintomas da SOP serão amenizados e amplamente controlados.


Ainda devo seguir uma dieta para SOP mesmo que eu NÃO esteja acima do peso?

Tenha em mente que nem todas as mulheres com síndrome do ovário policístico têm sobrepeso ou são obesas.

Cerca de metade dos casos de SOP são mulheres que se enquadram na faixa de peso normal.

Mulheres com diagnóstico de SOP terão ovários hipersensíveis aos efeitos da insulina, resultando em produção excessiva de androgênios.


Mesmo se você não estiver acima do peso, ao seguir uma dieta equilibrada, você poderá diminuir os efeitos da insulina em seus ovários.


Além disso, mesmo as mulheres que são consideradas com peso normal têm a mesma chance de desenvolver fatores de risco associados à síndrome do ovário policístico, como:


  • doenças cardiovasculares,
  • hipertensão,
  • infertilidade e
  • diabetes tipo 2.

É importante consumir uma dieta de alta qualidade para apoiar o controle do açúcar no sangue e o equilíbrio hormonal.


Além disso, é importante estabelecer uma rotina regular de exercícios físicos para manter um peso saudável e prevenir essas condições.


Qual a relação da dieta para SOP e Fertilidade?

Controlar os sintomas da SOP e os níveis hormonais é a sua melhor estratégia para melhorar a fertilidade quando se tem síndrome do ovário policístico.


Não existe uma abordagem única para todas pessoas quando se trata de dieta para SOP e fertilidade.

Converse com seu nutricionista especialista em SOP para criar uma dieta para SOP balanceada, de alta qualidade, com alto teor de fibras e que atenda às suas necessidades.


Vários estudos demonstraram que melhorar a dieta (o que você consome no dia a dia) pode aumentar a probabilidade de engravidar (fertilidade).


Perder peso aumentará suas chances de engravidar.


Estudos sugerem que mulheres com SOP podem engravidar, uma vez que sua síndrome do ovário policístico seja bem tratada.


Além de ajudar a controlar os sintomas da SOP, a perda de peso pode ajudar a facilitar a gravidez, diminuir o risco de complicações durante a gravidez e ameniza as chances de aborto.


Ficou alguma dúvida? Entre em Contato! 

Nossos nutricionistas especialistas em SOP vão criar um plano personalizado para ajudá-lo a melhorar sua síndrome do ovário policístico e atingir seus objetivos. 

Nossa especialidade inclui: Controle de açúcar no sangue (glicemia), níveis de insulina e perda de peso através de uma dieta para SOP.

"Nós já ajudamos centenas de mulheres a controlar e melhorar sua síndrome do ovário policístico a fim de atingir seus objetivos. Seja para perder peso ou apenas se sentir melhor, sabemos como pode ser difícil dar o primeiro passo. Esperamos que você nos permita ajudá-lo a enfrentar seus problemas de saúde de frente. "

Este site utiliza Cookies e Tecnologias para melhorar sua experiência. Ao utilizar nosso site BR da Nutrição, você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.